MotorDream

Lançamentos

Lançamento do novo Audi RS 7 Sportback Performance no Brasil - Ostentação tecnológica

31/05/2017 11:00  - Fotos: Divulgação
Envie por email

 

Audi lança no Brasil o novo RS 7 Sportback Performance, com motor 4.0 V8 biturbo de 605 cv

 

por Luiz Humberto Monteiro Pereira 
Auto Press
 
O Audi RS 7 Sportback Performance é tudo que um A7 queria ser. Muita coisa é parecida. Lá estão a coluna “C” rebaixada, a traseira curta e a posição inclinada que sempre caracterizaram o A7 como um cupê de quatro portas, com forte pegada esportiva. Se sua versão preparada, o RS 7, já comove os entusiastas da velocidade, o fetiche pela adrenalina da alta velocidade encontra a sua mais completa tradução na variante superesportiva RS 7 Sportback Performance. Nela, a esportividade é perceptível de forma multissensorial, seja através do impacto visual causado por detalhes como as entradas de ar largas e a grade preta brilhante do tipo colmeia, típica dos modelos RS, pelo aroma peculiar dos bancos de couro ou pelo som rouco e indiscreto que vem do motor 4.0 TFSI V8 biturbo, que agora oferece 605 cv de potência - foi aumentada em 45 cv. O suficiente para proporcionar um desempenho digno de superesportivos: de zero a 100 km/h em 3,7 segundos e velocidade máxima de 305 km/h.
Um dos destaques do motor é a função overboost, que permite ao condutor aumentar o torque temporariamente para até 76,5 kgfm entre 2.500 e 5.500 rpm. O overboost é acionado automaticamente na aceleração total quando o motor e a transmissão estiverem no modo Dynamic do Audi drive select. O indicador de pressão de sobrealimentação no RS muda para vermelho quando a função está ativada. As turbinas “twin-scroll”, com duas entradas separadas de gases de escape no lado quente da turbina, são responsáveis pelo inovador sistema de gerenciamento térmico do sistema de arrefecimento, assim como a arquitetura dos cabeçotes dos cilindros. A admissão de ar se encontra do lado externo e a saída de gases de escapamento no lado interno. As turbinas e os “intercoolers” estão posicionados no centro do “V”, o que encurta o percurso do fluxo de gases.
Para segurar um "powertrain" tão poderoso, o chassi também é fora do comum. O eixo dianteiro tem uma arquitetura com cinco braços de alumínio por roda, capazes de lidar com esforços longitudinais e transversais separadamente. Os braços trapezoidais com controle direcional feitos de alumínio são aplicados no eixo traseiro. Dois coxins amortecidos hidraulicamente prendem o subchassi de aço ao monobloco. Assim como no eixo dianteiro, os cubos das rodas e juntas esféricas são de alumínio, com barra estabilizadora tubular. A suspensão esportiva RS plus, mais firme que a do RS 7 “convencional”, conta com Dynamic Ride Control (DRC), que utiliza molas de aço e amortecedores ajustáveis em três níveis, ligados uns aos outros por meio de linhas hidráulicas e uma válvula central. Outra opção que pode ser integrada ao sistema Audi drive select é a direção dinâmica (dynamic steering), que conta com uma variação contínua da relação de esterçamento das rodas de acordo com a velocidade do veículo.
Através do Audi drive select, o condutor pode variar o comportamento dos principais sistemas do veículo, incluindo direção, motor, câmbio e o diferencial esportivo opcional, entre os modos Comfort, Auto, Dynamic e Individual. O modelo vem de série com rodas de alumínio fundido de 21 polegadas de diâmetro. Os discos de freio são feitos de cerâmica de fibras de carbono, que reduzem o peso do sistema em 10 quilos. O controle de estabilidade (ESC) conta com um modo “Sport” e pode ser totalmente desligado.

O RS 7 Sportback Performance vem de série com bancos esportivos RS e apoio de cabeça integrado. Como opcional no pacote Design RS, a Audi oferece bancos, apoio de braços, console central revestidos em couro Alcântara com costuras contrastantes na cor azul, além de apliques de fibra de carbono com detalhes também azuis. O painel de instrumentos tem fundo preto, mostradores brancos e ponteiros na cor vermelha. Logotipos RS estão presentes nas chaves, no volante esportivo multifuncional de três raios revestido com couro, nos estribos das portas, no tacômetro, no grande mostrador do sistema de informações para o condutor e no monitor eletricamente retrátil do sistema MMI navigation plus. Quando o overboost está atuando, o módulo de informação para o condutor muda da cor branca para a vermelha. A generosa lista de equipamentos de série inclui ainda ar-condicionado automático de quatro zonas, bancos dianteiros esportivos de couro Valcona com aquecimento e ajustes elétricos (com memória para o do motorista), head-up display, espelho retrovisor interno antiofuscante automático, recepção de TV, volante multifuncional esportivo com base aplainada com revestimento de couro e ajuste elétrico, função Autohold, alarme antifurto, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro com câmera de ré, sistema de escapamento esportivo, direção eletromecânica dinâmica, diferencial esportivo traseiro, ESC (controle eletrônico de estabilidade), faróis full LED com ajuste automático de altura, sistema de visão noturna Night Vision, controle de pressão dos pneus, keyless-go, sistema start-stop, som Bang & Olufsen e rádio MMI Plus com sistema de navegação, MMI touch, Audi connect, Bluetooth e smartphone interface, DVD player e teto solar elétrico. Se o tamanho da lista impressiona, o preço também é de cair o queixo: R$ 728.990.

Primeiras impressões

Performance destemida

Indaiatuba/SP - Tudo no Audi RS 7 Sportback Performance parece meio exagerado. Apesar disso, no Autódromo da Fazenda Capuava, distante 70 km da capital paulista, o teste de avaliação foi bastante comedido: foram disponibilizadas apenas três voltas com o bólido. A posição de dirigir, baixa e inclinada, é típica de carros esportivos. Depois de uma breve explicação de um dos pilotos contratados pela Audi para apresentar o modelo, finalmente chega a hora de acelerar.
Na reta dos boxes, é possível ultrapassar os 200 km/h sem que o carro faça qualquer menção de reduzir o ímpeto da aceleração. Já nas curvas, a suspensão e os dispositivos eletrônicos se encarregam de dar confiabilidade ao conjunto - e, consequentemente, aumentar a impetuosidade do motorista. O RS7 Performance se revela um carro totalmente sob controle. Além de ter centro de gravidade baixo, tem tração nas quatro rodas. Em condições normais, 40% da força são entregues ao eixo dianteiro e 60% ao de trás, mas o torque é distribuído conforme a demanda. As três voltas passaram excepcionalmente rápido, mas foram suficientes para revelar que o Audi RS 7 Sportback Performance é um veículo bastante divertido. Daqueles que não dá a menor vontade de sair do volante.
 

TRÂNSITO LIVRE

todos

Comentários

Não há comentários para este artigo.

Para postar comentários é necessário ser cadastrado no nosso site. Deseja se cadastrar gratuitamente?

Motor Dream
MotorDream - Rua Barão do Flamengo, 32 - 5º Andar - Flamengo
Rio de Janeiro - RJ - Cep: 22220-080
Telefone: (21) 2286-0020 - Fax: (21) 2286-1555

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados.
GEO: -22.932985, -43.176320
Webroom Soluções Interativas