MotorDream

Testes

Teste: Peugeot 3008 Griffe Pack - Disputa de poder

06/02/2018 09:02  - Fotos: Divulgação
Envie por email

Teste: Peugeot 3008 Griffe Pack - Disputa de poder

Tecnologias autônomas são o grande atrativo do modelo Griffe Pack do Peugeot 3008 linha 2019

 

por Luiz Humberto Monteiro Pereira

Auto Press

 

 

As tecnologias autônomas de direção automotiva vieram para ficar. Depois de surgirem nas marcas de luxo, os sistemas eletrônicos que assumem o controle da direção e dos freios dos veículos para evitar acidentes se alastram cada vez mais pelas versões “top” de linha das marcas generalistas. É o caso do modelo Griffe Pack do 3008. Apresentado como novo topo de gama da linha 2019 do SUV da Peugeot, o modelo chega às concessionárias da marca em março e incorpora diversas tecnologias que buscam impedir que um motorista dasatento cometa “lambanças”. Para tanto, quando há iminência de acidentes, o carro as detecta previamente e chega a assumir o comando e acionar a direção ou os freios para evitar danos.

 

 

A Peugeot deu ao seu conjunto de tecnologias autônomas do 3008 Griffe Pack a denominação de ADAS – sigla para “Advanced Driver Assistance System” ou sistema avançado de assistência ao motorista. Os sistemas mais “autoritários” desse “pacote” são o Active Safety Brake, que proporciona alerta de colisão e frenagem automática de emergência mesmo sem o motorista pisar no freio, a Correção e Alerta de Permanência em Faixa, um detector de ultrapassagem involuntária de linha que devolve sozinho o carro à faixa correta, e o Sistema de Ponto Cego Ativo, uma tecnologia ativa de vigilância de ponto cego que impede que o motorista mude de faixa em caso de iminente colisão. Além desses, há sistemas de segurança mais triviais, como o Detector de Fadiga, que deflagra um alerta visual e sonoro assim que considerar que o comportamento do condutor denota certo grau de sonolência ou distração, a Assistência de Farol Alto, que providencia a comutação automática de faróis altos/baixos, o Leitor de Sinalização de Velocidade, que reconhece as placas de velocidade e recomendações e as exibe no painel de instrumentos, e o piloto automático inteligente, que é um regulador de velocidade adaptativo com sistema de parada. Na hora de estacionar, o Visiopark é um assistente de estacionamento que ajuda nas manobras.

 

 

Incrementos tecnológicos à parte, o Griffe Pack preserva os atributos estéticos e mecânicos da versão Griffe da linha 3008. O trem de força é o mesmo motor 1.6 THP de 165 cv, abastecido apenas com gasolina, aliado ao câmbio automático de seis marchas equipado com comando por impulso elétrico e modo Sport. Por fora, as diferenças do o Griffe Pack ficam por conta do teto e dos retrovisores, que são sempre na cor Black Diamond, independentemente da cor do modelo. Por dentro, destacam-se características já conhecidas na linha 3008, como o i-Cockpit 2.0, que permite a visualização dos instrumentos do painel por cima do volante, e o cluster digital de 12,3 polegadas. Requintes como carregador de celular por indução e bancos com massagem se encarregam da agregar sofisticação ao conjunto.

 

 

A linha 2018/2019 do 3008 Griffe Pack custa a partir de R$ 154.990, exatos R$ 9 mil a mais que o modelo Griffe, que parte de R$ 145.990. A Peugeot avalia que os principais concorrentes da versão mais equipada do 3008 sejam Chevrolet Equinox Premier, o Hyundai Tucson Limited, Jeep Compass Limited e Audi Q3 Ambiente.

 

Primeiras impressões

 

No domínio da situação

 

Indaiatuba/SP - Não foi por acaso que o 3008 foi eleito o “Carro do Ano” na Europa em 2017. O utilitário esportivo da Peugeot realmente impressiona, tanto em termos estéticos quanto em termos dinâmicos. O acabamento é um atributo forte, com um padrão de requinte similar ao empregado em alguns modelos de marcas premium. Para reforçar a boa impressão, agora esse novo modelo Griffe Pack cumpre a função de ampliar ainda mais a percepção de tecnologia transmitida pela linha.

 

 

Alguns dos novos sistemas autônomos da versão Griffe Pack puderam ser avaliados no Autódromo da Fazenda Capuava, no interior paulista, onde o novo modelo foi apresentado à imprensa automotiva brasileira. Apesar de incomodarem um ou outro motorista mais “puristas”, os sistemas autônomos deram um verdadeiro “show”. Foi possível verificar que o Active Safety Brake efetivamente freia o carro sozinho em caso de iminente colisão, independentemente da vontade do motorista. E o piloto automático inteligente funciona como um regulador de velocidade adaptativo, que mantém a mesma velocidade do carro da frente. Quando o carro da frente para, o de trás para autonomamente – e a uma distância segura. Já o Sistema de Ponto Cego Ativo atua diretamente sobre a direção para impedir que o motorista mude de faixa se essa mudança for considerada perigosa para a integridade do veículo. Ou seja, “segura” o volante, caso essa mudança de faixa possa causar uma colisão. E o Leitor de Sinalização de Velocidade reconheceu algumas placas de velocidade e recomendações providencialmente espalhadas pelo circuito.

 

 

Quanto ao desempenho dinâmico, o do 3008 já é bem conhecido – e reconhecido. O indisfarçável vigor proporcionado pelo propulsor turbo 1.6 THP de quatro cilindros em linha e 165 cv, acoplado à transmissão automática de seis velocidades, não mudou na nova versão tecnologicamente mais “recheada”. O que é uma ótima notícia. O carro permite uma tocada esportiva, com acelerações e retomadas mais que eficientes e um equilíbrio dinâmico nas curvas em alta surpreendente para um SUV. E os sistemas eletrônicos estão lá, para ajudar a corrigir eventuais “barbeiragens”.

 

TRÂNSITO LIVRE

todos

Comentários

Não há comentários para este artigo.

Para postar comentários é necessário ser cadastrado no nosso site. Deseja se cadastrar gratuitamente?

Motor Dream
MotorDream - Rua Barão do Flamengo, 32 - 5º Andar - Flamengo
Rio de Janeiro - RJ - Cep: 22220-080
Telefone: (21) 2286-0020 - Fax: (21) 2286-1555

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados.
GEO: -22.932985, -43.176320
Webroom Soluções Interativas